10 Cuidados a ter com os Pets no Inverno:

Alimentos proibidos
9 Outubro, 2020
Doença osteoarticular
6 Novembro, 2020

Com a chegada do tempo mais frio e da chuva, existem alguns cuidados a ter com o seu amigo de quatro patas que não deverá descartar; descubra-os neste artigo:

1- Passeios em horário adequado

Durante o Inverno e a chuva, os passeios não devem ser esquecidos. É importante passear o seu patudo, selecionando o horário mais adequado. Evite chuva intensa e horas de muito frio. Alguns patudos sentem-se mais confortáveis quandolhes é colocada uma capinha impermeável.

Evite que fique demasiado molhado, e quando regressar a casa, tenha o cuidado de lhe secar o pelo.

Em relação aos gatos com acesso ao exterior, evite que estes saiam em dias de chuva intensa e demasiado frios.

2- Frio e constipações

Mantenha o seu amigo confortável. Cães e gatos nesta altura do ano são adeptos de mantas, camas quentinhas e fofas. Em relação a roupinhas dentro de casa, dependerá do seu amigo. Alguns patudos, principalmente idosos, sentem-se confortáveis com algum agasalho extra, mas nem todos. Caso utilize esses agasalhos, não se esqueça que quando sair para o exterior estará ainda mais frio. Proteja-o e evite constipações que poderão terminar em Pneumonias, principalmente em animais mais frágeis imunitáriamente.

3- Animais idosos e osteoartrite

A Osteoartrite é uma doença que afecta sobretudo animais idosos. Embora mais frequente em cães de grande porte, cães de pequeno porte e gatos não estão isentos de sofrer dela, principalmente à medida que a idade avança.

Por este motivo é importante manter os nossos amigos num ambiente com temperatura amena e confortável. Poderá ser interessante nesta altura recorrer a condroprotectores. Em períodos de crise intensa deverá consultar o seu veterinário.

4- Ambiente confortável e quente

Mantenha o seu amigo num ambiente com temperatura confortável. Caso sejam cães de exterior, providencie-lhes um abrigo, protegido da chuva e reforce o uso de mantas e agasalhos.

Use camas fofas, caso tenha lareira ou aquecimento deixe-os nessa assoalhada, mas não em cima da fonte de calor. O calor em excesso poderá ser perigoso principalmente se depois ele se deslocar para outra assoalhada em que a diferença de temperatura seja grande.

5- Vacinação actualizada para imunidade forte

Mantenha o protocolo vacinal actualizado. A vacina da tosse do canil poderá ser interessante, uma vez que ajuda a proteger de alguns agentes que desencadeiam infecções respiratórias. Um protocolo actualizado ajuda a manter a imunidade do seu amigo forte.

6- Locais arejados mas sem vento

O arejamento da casa é importante. Mantenha a sua casa arejada, mas não permita que o seu patudo apanhe vento directo, principalmente se estiver com o pelo húmido.

7-Banho

Os banhos são permitidos, mas deverão ser feitos com água morna e o seu amigo deverá ser bem seco após o banho, com recurso a secador. Depois de secar, deverá aguardar pelo menos 30 minutos para o corpo arrefecer antes de o levar à rua.

8- Tosquia

Caso o seu amigo tenha um pelo que necessite de tosquia, nesta altura do ano deverá deixar o pelo mais comprido, beneficiando dessa camada protectora natural contra o frio. Não invalida as visitas ao seu groomer, que deverá manter o pelo escovado, em boas condições e sem nós. Raças com pelo de crescimento continuo, deverão aparar o pelo, mantendo-o mais comprido que nos meses de verão.

9- Dieta de Boa Qualidade

Uma boa dieta é imprescindível em qualquer idade do seu patudo, contudo no inverno é essencial. Uma boa dieta mantem o sistema imunitário forte. O objectivo aqui não é aumentar a quantidade de alimento, uma vez que isso irá culminar em excesso de peso, mas sim aumentar a qualidade da dieta e apostar em dietas Super Premium.

10- Água

Sim, água. Apesar de ser Inverno, nunca nos devemos esquecer da importância da hidratação. Mantenha sempre água fresca à disposição para que o seu patudo se possa hidratar sempre que necessitar.

Fale connosco e aconselhe-se